Em primeiro lugar, não deixe água velha na vasilha: ela deve estar sempre fresca e disponível. Quem dá a dica é a médica-veterinária Regina Rheingantz Motta, da Clínica Veterinária Homeo Patas. “A hidratação adequada deve ser encorajada pelo tutor. Um fator que pode fazer a diferença é o tamanho dessa vasilha. Normalmente o pote de comida do gato é menor do que o do cachorro, mas na hora de oferecer a água, é melhor procurar por um maior, pois ele prefere beber de superfícies maiores de água, sempre limpa e trocada diariamente”.

Leia a matéria completa no Portal Melhores Amigos

error: Conteúdo protegido! Por favor entrar em contato no email fale@homeopatiaparanaimais.com.br